Rumores sobre troca de Bradley Beal aumentam. Conheça potenciais destinos

Com a proximidade do fim da temporada para o Wizards o destino de B. Beal está à prova - mais uma vez. O que acontecerá com o ala-armador? Acompanhe abaixo as principais motivações e especulações em torno do jogador.

A passagem de Bradley Beal pelo time do Washington Wizards pode estar muito perto do fim. Os últimos rumores dão conta de possíveis negociações com várias outras equipes interessadas no ala-armador.

Mesmo com uma série de dificuldades ao longo da temporada regular, o Washington Wizards chegou aos playoffs da NBA de 2021. Mas o desempenho contra o 76ers e a eminente eliminação estariam abrindo caminho para que o jogador deixasse a equipe frustrado com mais uma eliminação e a falta de evolução da franquia.

Vários executivos da liga estão apostando em um movimento do time da capital para que o jogador deixe Washington e que haja uma boa compensação na troca – assim como conseguiu OKC por Paul George e o Pelicans por Anthony Davis. O contrato de Beal vai até a temporada 2022-23 e o último ano tem uma opção de $37 milhões – mas que será escolha do jogador exercer.

Sendo assim, ele estaria com a opção de não dar continuidade em seu contrato e partir para o mercado como agente livre, deixando o Wizards sem nenhuma compensação, após a sua saída.

Segundo jornalista americano Howard Beck (Sports Illustrated), que ouviu alguns executivos (em anonimato), a situação é a seguinte;

O Wizards tem um alto contrato com R. Westbrook – $47 milhões na temporada 2022-23 (opção do jogador), Rui Hachimura é um jovem promissor, mas longe de ser uma potencial estrela. Deni Avdija pouco mostrou em sua temporada de estreia e Davis Bertans é um bom arremessador, mas com um contrato de $80 milhões. Tudo isso deixa o Wizards sem condições de montar um time que realmente seja competitivo e que leve Bradley Beal  muito longe nos playoffs.”

Mesmo que tenha jurado lealdade ao Wizards ou que já tenha declarado ser contra a reunião de grandes estrelas em um único time, a paciência de Beal não deve ser infinita. Esses discursos costumam mudar quando não há boas perspectivas de futuro. Inúmeros são os exemplos que já vimos nos últimos anos, como:

  • James Harden: jurou lealdade eterna a Houston, mas acabou forçando uma troca para o Brooklyn;
  • Russell Westbrook: fez o mesmo em Oklahoma City, antes de ser trocado para Houston;
  • Kyrie Irving: forçou uma troca de Cleveland para Boston , declarou que seria celta para o resto da vida e, anos depois, se juntou a K. Durant no Brooklyn.

Qual seria o destino ideal para Bradley Beal?

Todo início de temporada essa é uma das dúvidas mais especuladas entre torcedores e parte da imprensa que cobre a NBA. Porém, parece que esse ano sairemos do campo das especulações.

O ótimo ano de Beal, terminando a temporada regular atrás, apenas, de Stephen Curry entre os maiores pontuadores, mostrou ainda mais a capacidade que o jogador tem. Vendo isso, as equipes interessadas podem procurar o Wizards com propostas bem interessantes. Entre essas possíveis propostas, podemos destacar:

Golden State Warriors – o time da Califórnia tem alguns bons ativos para envolver na troca, entre eles: Andew Wiggins e James Wiseman, além da pick de loteria do Minnesota Timberwolves. Essa troca possibilitaria a Beal atuar ao lado de jogadores como S. Curry, K. Thompson e D. Green.

New Orleans PelicansZion Williamson pode ser uma ótima motivação para levar Bradley Beal para os Pelicans. Em troca da estrela, o time enviaria para o Wizards uma infinidade de escolhas de draft (adquiridas nas trocas de A. Davis e J. Holiday) além de Brandon Ingram.

Philadelphia 76ers – Se falhar nesses playoffs, a tão comentada troca de Ben Simmons pode sair. E o destino do armador australiano seria, justamente, o Wizards em troca de B. Beal.

Outros times também são especulados nesse movimento tão comentando entre os rumores da NBA. Miami Heat, NY Knicks e Dallas Mavericks estão entre os potenciais destinos caso essa possível troca venha a acontecer.

Flavio Carvalho
Torcedor do LA Clippers. Gestor de Projetos e Pessoas da WebGo Content. Especialista em SEO e novos Projetos. Formado em Relações Públicas (PUC/PR) e experiência de mais de 10 anos no Marketing Digital.

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.