fbpx
Connect with us

Golden State Warriors a franquia da década

Warriors franquia década

Artigos

Golden State Warriors a franquia da década

Recentemente a SportsBusiness Journal, publicação referência na análise de negócios esportivos no mundo, elegeu o Golden State Warriors como a franquia da década (2010-2019) dentre todas as franquias esportivas profissionais dos EUA, levando em consideração seus feitos esportivos, impacto financeiro e influência sobre o público. Neste contexto, podemos verificar como a franquia mudou significativamente tanto a sua abordagem dentro da NBA, quanto o próprio jogo praticado na liga.

Montagem do elenco

Curiosamente, o processo de reconstrução do Warriors como uma franquia protagonista na NBA iniciara justamente no início da década, mais precisamente no Draft de 2010, quando a franquia selecionaria na 7ª posição geral um jovem e franzino armador da Universidade de Davidson chamado Stephen Curry.

Os managers do Warriors, desde o princípio, externaram que a equipe seria montada em volta do armador e suas características de jogo. Tanto que foram feitas uma série de trocas que confirmassem este planejamento, sendo que muitas destas revoltaram os torcedores, como a ida de Monta Ellis na temporada 2011-2012 para o Bucks.

Além disso, peças importantes foram adquiridas via Draft, especialmente em posições aparentemente distantes das mais badaladas, tais como Harrisson Barnes (7ª escolha geral em 2012), Klay Thompson (11º geral em 2011) e Draymond Green (35ª geral em 2012).

Estilo de jogo inovador

Com a escolha de Curry como peça central de seu elenco, o Golden State já sinalizava em como pensava em basear o seu modelo de jogo: transições rápidas, “small ball” e, principalmente, usar e abusar dos tiros do perímetro, especialmente pela enorme capacidade de aproveitamento de seus arremessadores em chutes de média e longa distância. Esta proposição de jogo começou com os “head coachs” Keith Smart e Mark Jackson, consolidando-se e aperfeiçoando-se sob a batuta de Steve Kerr.

O que não estava, de fato, no planejamento era que esta nova proposição de jogo não só colocaria o Warriors em um novo patamar na NBA, mas o distanciaria das demais franquias. Ninguém, até aquele momento, praticava um estilo de jogo sequer parecido. A equipe não mudou apenas o seu estilo de jogo, mas a franquia mudou a forma como a NBA enxerga o jogo, tanto que a esmagadora maioria das franquias fora obrigadas a mudar também à sua maneira de jogar para adequar-se, especialmente no que diz respeito ao aproveitamento nos arremessos do perímetro.

Colhendo frutos

Devido a todo este elaborado planejamento, o Golden State Warriors manteve-se nos playoffs da temporada 2012-2013 até a temporada 2018-2019. A equipe ainda esteve presente em todas as finais da NBA de 2014-2015 até 2018-2019, sendo recorde desde as 8 finais consecutivas do Boston Celtics, e conquistando três títulos, além de registrar diversos recordes neste processo.

Mais Artigos

To Top