fbpx
Connect with us

Celtics e Heat se enfrentam na final do Leste

Celtics Heat

Artigos

Celtics e Heat se enfrentam na final do Leste

Boston Celtics e Miami Heat não era os favoritos para a final conferência, já que ficaram em terceiro e quinto lugar respectivamente, mas derrotaram os números 1 e 2, Bucks e Raptors e merecidamente se enfrentarão mais uma vez em uma final do Leste.

Programação para a série:

Jogo 1, 15 de setembro
Jogo 2, 17 de setembro
Jogo 3, 19 de setembro
Jogo 4, a confirmar

Como o Celtics chegou aqui

Tatum assumiu o comando no jogo 7 e derrotou o atual campeão da NBA. Ele marcou 29 pontos, 12 rebotes e 7 assistências e levou o Celtics as finais da Conferência Leste.

O Celtics entrou na bolha em Orlando com grandes expectativas. Boston tem sido ótimo desde que chegou a Bolha – principalmente por causa da recuperação física de Kemba Walker. Depois que o armador lidou com problemas nos joelhos nos últimos dois meses da temporada antes da suspensão, e novamente quando a equipe retornou em junho, Walker só voltou ao normal durante os playoffs.

Boston também conseguiu superar a perda de Gordon Hayward, que sofreu uma entorse no tornozelo de Grau 3 no primeiro jogo do time nos playoffs contra o 76ers. Além disso, o Celtics teve de lidar com sete jogos para vencer o atual campeão Raptors. Boston volta às finais da Conferência Leste e está a quatro vitórias de sua primeira final da NBA nesta década.

+ Regata Nike Boston Celtics – Kemba Walker

Como o Heat chegou aqui

O Heat tem sido uma das sensações da bolha. Depois de eliminar o Indiana Pacers com uma varrida na primeiro rodada, o Heat dominou o Milwaukee Bucks em cinco jogos. Foi uma das séries mais impressionantes de um azarão recentemente (levando em conta a classificação).

Ao longo dos playoffs, o Heat contou com a ajuda de outros jogadores além de Jimmy Butler, como o veterano Goran Dragic e os jovens Bam Adebayo e Tyler Herro. O momento mais memorável até agora provavelmente veio no Jogo 2, quando a estrela do Bucks, Giannis Antetokounmpo fez falta em Butler, o tempo acabou e Butler foi para a linha fazer os arremessos – fez os dois e ganhou o jogo.

+ Boné New Era – Miami Heat

Como o Celtics lidará com o Heat na linha dos 3?

Durante a temporada regular, o Boston ficou em segundo lugar na NBA, em defesa da linha dos 3 pontos. Permitindo que apenas 34% aos seus adversários, e o Celtics foi ainda mais eficiente nas duas primeiras rodadas deste playoffs, segurando o Toronto Raptors e o Philadelphia 76ers em um combinado de 29,2%.

Mas o Heat não é o 76ers. Miami é uma das melhores equipes de 3 pontos da NBA, ocupando o segundo lugar na liga em porcentagem de 3 pontos nesta temporada, e a melhor do Leste nas duas primeiras rodadas dos playoffs.

Embora Adebayo tenha ficado em segundo no prêmio de jogador que mais evoluiu nesta temporada, seu companheiro de equipe Ducan Robinson também explodiu. Robinson está na lista de arremessadores da NBA que fizeram mais de 45%  dos arremessos em uma única temporada.

Robinson pode mudar os jogos – e o resultado da série – mas um dos motivos pelos quais Boston apresentou ótimos números defensivos de 3 pontos é porque Jayson TatumJaylen Brown e Marcus Smart são defensores capazes de fechar os espaços e contestar arremessos.

Na temporada regular Miami fez apenas 32% dos seus arremessos de 3 contra o Celtics.

Como as faltas podem decidir as finais do Leste entre Celtics e Heat

A maior fraqueza defensiva do Celtics durante toda a temporada regular foi sua tendência para as faltas. Ficando em 24º lugar entre as equipes que mais deram lances livres aos seus adversários.

Enquanto isso, liderado por Butler, Miami foi a equipe com maior número de lances livres da NBA. Isso continuou nos playoffs, onde as tentativas de lance livre do Heat subiram, apesar do fato de seus dois primeiros oponentes (Indiana e Milwaukee) estarem classificados entre os 10 primeiros que menos deram lances livres aos seus adversários na temporada regular.

Butler e Dragic, são habilidosos da arte do contato para conseguir faltas. O Bucks falhou nesse ponto nos primeiros três jogos de sua série, quando enviou o Heat para a linha de lance livre uma média de 31 vezes por jogo. Quando Milwaukee aprendeu a lição, já era tarde demais.

Boston sobreviveu as 31 tentativas de lance livre no encontro de janeiro entre essas duas equipes em Miami, mas na bolha não. Mesmo com Butler de fora, o Heat chegou à linha de lance livre 39 vezes – incluindo 18 para Adebayo – na vitória por 112-106 sobre o saudável e completo Celtics.

Dependendo de quando Hayward retornar, as faltas de Boston podem ter um impacto extra. Essas faltas não apenas mandam Miami para a linha de lances livres, mas o Celtics também terá outro problema que é  forçar Brad Stevens a usar seu banco mais do que ele gostaria.

Disputa aberta sem favoritos, que vença o melhor!

Fonte: ESPN USA

Imagem: NBA

Mais Artigos

To Top