fbpx
Connect with us

3 destinos para Kevin Love

Kevin Love

Artigos

3 destinos para Kevin Love

O Cleveland Cavs está lentamente reformulando a sua equipe e um dos jogadores que podem sair é Kevin Love. Rumores de que Love será negociado começaram antes mesmo de ele assinar aquela extensão surpreendente de US $ 120 milhões por 4 anos em 2018.

O Cavs se prepara para mais um rebuild, e agora é o momento perfeito para obter o máximo em uma troca do seu 5 vezes All-Star.

Kevin Love, 32 anos, entrará em sua 13ª em 2020-21, mas provou em 2019/20 que ainda pode jogar em alto nível.

Na temporada passada ele teve médias de 17,6 pontos, 9,8 rebotes e 3,2 assistências em 56 jogos com o Cavs. Love ainda tem três anos de contrato e mais de $ 91 milhões para receber, que é um salário alto para um jogador de 32 anos.

Já tendo conquistado um título em 2016, está claro que ele ainda deseja fazer parte de uma equipe em busca de mais um campeonato antes de encerrar sua carreira. Kevin Love não terá essa oportunidade tão cedo se ficar no Cleveland.

Felizmente para Love, há alguns candidatos fortes que valorizariam o seu trabalho. Vamos dar uma olhada em três equipes que podem contratar Kevin Love.

+ Camiseta Nike – NBA

Golden State Warriors

Kevin Love tem sido um dos bigmen com melhor aproveitamento nos arremessos da NBA. Ele praticamente incorpora a filosofia do Warriors. Love se encaixaria perfeitamente ao estilo da equipe, além de contribuir com muitos rebotes.

Além disso, Kevin Love já tem um ótimo relacionamento com o superastro, Klay Thompson, considerando que eles eram amigos de infância e companheiros de equipe da Little League.

O Warriors já deixou claro que busca mais um título, mas é preciso encontrar outro pontuador para o lugar de Klay.

O dilema para o Golden State, no entanto, é apresentar um pacote atraente para o Cavs. Warriors já trocou uma pick de primeira rodada com a OKC por Kelly Oubre, mas ainda tem alguns jovens interessantes que poderiam oferecer por Kevin Love. Um acordo envolvendo Andrew Wiggins (de novo) deve equilibrar os números – isto é, se o Cavs realmente quiserem Wiggins.

Houston Rockets

A saída de Daryl Morey e do ex-técnico Mike D’Antoni sinaliza que os bigmen são novamente bem-vindos ao Rockets.

Agora com Stephen Silas no comando, o Rockets parece que vai renunciar ao small-ball na próxima temporada com as contratações de Christian Wood e DeMarcus Cousins.

Houston já tem dois jogadores para posição, então por que ir atrás de Kevin Love? Na realidade, Wood é um jogador promissor, mas ainda não foi comprovado. Boogie, por outro lado, tem quatro aparições no All-Star, mas não está claro se ele vai voltar ao mesmo nível após graves lesões.

O Rockets provavelmente querem manter James Harden e Russel Westbrook, então é melhor dar a eles motivos para convencê-los a ficar. Westbrook e Love eram ex-colegas de time da faculdade na UCLA, então já tem um bom relacionamento.

Mas, como o Warriors, o Rockets também tem que ser criativo com um pacote de troca para abrir espaço no cap para acomodar Love. Houston provavelmente terá que contar com uma terceira equipe para que a troca aconteça, ou abrir mão de Westbrook ou Harden.

Boston Celtics

Kevin Love recentemente se despediu de seu ex-companheiro de equipe de Cavs e amigo, Tristan Thompson, depois que ele aceitou um acordo de dois anos e $ 19 milhões com o Boston.

Se Danny Ainge jogar agir de maneira certa, Kevin Love poderá logo se reunir com Thompson novamente.

O Celtics fez uma ótima campanha em 2019-20, principalmente pela atuação de seus armadores e alas. Se a equipe tivesse mais talento embaixo do garrafão poderia ter vencido no Leste.

As habilidades de Kevin Love serão maximizado por Brad Stevens. Ele colocaria Love em situações nas quais seria mais eficaz. Love atende à necessidade do Celtics de mais pontuação no garrafão, enquanto sua capacidade de abrir espaço para Kemba Walker, Jayson Tatum e Jaylen Brown, seria fantástico.

Boston ainda tem suas opções de draft para 2021 e 2022, e talvez pudesse usá-las como isca para atrair o Cleveland.

Fonte: Clutch Points

Imagem: NBA

Mais Artigos

To Top