fbpx
Connect with us

24 melhores jogadores com menos de 24 anos.

24 melhores jogadores anos

Artigos

24 melhores jogadores com menos de 24 anos.

A NBA está repleta de jovens talentos, como De’Aaron Fox, Jamal Murray e Zion Williamson. Todos eles têm uma coisa em comum: são promissoras jogadores com menos de 24 anos de idade.

A ClutchPoints fez uma lista de quem seria os 24 melhores:

24 – Marvin Bagley III, 21 – Sacramento Kings

Estatísticas de 2019-20: 14,2 pontos, 7,5 rebotes e 0,9 bloqueios por jogo.

Bagley foi vítima de circunstâncias durante suas duas primeiras temporadas na NBA – jogando por um treinador que não acreditava plenamente em suas habilidades durante seu ano de estreia e lidando com lesões em 2019-20.

Bagley  tem 21 anos e tempo para mostrar por que ele foi a escolha número 2 há dois anos atrás.

23. Eric Paschall, 23 – Golden State Warriors

Estatísticas de 2019-20: 14 pontos, 4,6 rebotes e 2,1 assistências por jogo.

Paschall foi candidato ao Rookie of the Year durante o início da temporada. Mas um saudável Draymond Green colocou-o no banco, mas ele mostrou um talento natural para marcar e um encaixe perfeito com a equipe.

Ele não é um material um jogador de qualidade, mas uma peça para o quebra-cabeça de Steve Kerr.

22. Dejounte Murray, 23 – San Antonio Spurs

Estatísticas de 2019-20: 10,7 pontos, 5,8 rebotes, 4,1 assistências e 1,7 roubos de bola por jogo.

Murray está de volta depois de perder toda a temporada 2018-19 com uma lesão. Ele começou a mostrar sinais de por que Tony Parker cedeu a posição de armador para seu ex-reserva. Murray é rápido, explosivo e um atleta dinâmico, com instintos defensivos únicos.

Seu arremesso de 3 pontos está se desenvolvendo lentamente e, uma vez que seus minutos aumentam, ele deve ter muitas oportunidades para se tornar o próximo rosto da franquia.

21. Lonzo Ball, 22 anos – New Orleans Pelicans

Estatísticas de 2019-20: 12,4 pontos, 6,2 rebotes, 7,0 assistências e 1,4 roubos de bola por jogo.

Finalmente, Ball está começando a sair de sua concha, tentando mais arremessos de três e acertando os lances livres do que em suas duas primeiras temporadas no Los Angeles Lakers. Seus arremessos ainda deixam muito a desejar, mas ainda há esperança para 0 número 2 do Draft de 2017 da NBA.

20. Mitchell Robinson, 22 – New York Knicks

Estatísticas de 2019-20: 9,7 pontos, 7,0 rebotes e 2,0 blocos por jogo.

Robinson mostrou uma incrível habilidade de bloquear logo em sua temporada de estreante. Agora ele tem um papel mais importante, e Mitch está se saindo bem, aproveitando as oportunidades.

19. Markelle Fultz, 22 – Orlando Magic

Estatísticas de 2019-20: 12,1 pontos, 3,3 rebotes, 5,2 assistências e 1,3 roubos de bola por jogo.

Finalmente, Fultz começou a se libertar depois de duas temporadas atoladas por lesões. Agora, em Orlando, ele iniciou 59 dos 64 jogos pelo Magic e começou a mostrar flashes de por que ele foi o número 1 de 2017.

A esperança é que, com uma temporada completa, ele possa dar o próximo passo e se transformar em um arremessador mais equilibrado e um defensor mais forte.

18. Jaren Jackson Jr., 20 – Memphis Grizzlies

Estatísticas de 2019-20: 16,9 pontos, 4,7 rebotes, 1,4 assistências e 1,6 bloqueios por jogo.

Jackson intensificou o seu lado defensivos e a pontuação em sua segunda temporada, sendo um parceiro perfeito para Ja Morant. Ele quase triplicou suas tentativas de 3 pontos com relação a temporada de estréia e não se decepcionou com essa mudança – acertando 39,7% dos arremessos.

17. John Collins, 22 – Atlanta Hawks

Estatísticas de 2019-20: 21,6 pontos, 10,1 rebotes, 1,5 assistências e 1,6 bloqueios por jogo.

Após uma forte segunda temporada, Collins deu um salto, tornando-se um jogador de 20 pontos a 10 rebotes por noite. Ele perdeu 25 jogos no início da temporada, depois de violar o protocolo de drogas da NBA, mas se recuperou notavelmente nos últimos 41 jogos, misturando seu lado ofensivo com ótimos bloqueio.

16. Jamal Murray, 23 – Denver Nuggets

Estatísticas de 2019-20: 18,8 pontos, 3,9 rebotes, 4,8 assistências e 1,2 roubos de bola por jogo.

“The Blue Arrow” teve uma trajetória imprevista. O arremessador consagrado de Kentucky errou seus primeiros 16 arremessos como profissional no que foi um começo ruim para a sua carreira. Agora Murray é considerado uma das peças centrais de Denver e uma das caras da franquia ao lado de Nikola Jokic.

15. Jaylen Brown, 23 anos – Boston Celtics

Estatísticas de 2019-20: 20,4 pontos, 6,4 rebotes, 2,2 assistências e 1,1 roubos de bola por jogo.

Brown deu um salto nesta temporada depois de regredir em sua terceira temporada com o Celtics. Agora que ele é um dos titulares da equipe, Brown faz parte de um ataque com três jogadores de 20 pontos por jogo, o que deve fazer do Bosotom uma equipe perigosa nos playoffs da NBA.

14. Michael Porter Jr., 22 – Denver Nuggets

Estatísticas de 2019-20: 7,5 pontos e 4,1 rebotes por jogo.

Porter é o único nome nesta lista sem grandes números, portanto, o contexto é necessário para colocá-lo adequadamente no número 14.

Porter que está saindo de sua temporada de estréia, conquistou um lugar na rotação de Mike Malone. Ele deverá aumentar esses números até o fim da temporada.

Vejamos os números dele de 12 de janeiro até o final do mês: 14,7 pontos e 9,0 rebotes em um período de 10 jogos. Agora imagine como seriam esses números com mais minutos em quadra.

13. De’Aaron Fox, 22 – Sacramento Kings

Estatísticas de 2019-20: 20,4 pontos, 4,0 rebotes, 6,8 assistências e 1,4 roubos de bola por jogo.

O armador de terceiro ano deu um grande salto nesta temporada, alcançando a marca de 20 pontos por jogo e mostrando que ele é um dos melhores armadores jovens da NBA. Fox ainda tem alguns problemas par resolver, mas sua velocidade e habilidades podem fazê-lo um dos grandes em sua posição.

12. Deandre Ayton, 21 – Phoenix Suns

Estatísticas de 2019-20: 19,0 pontos, 12,0 rebotes, 1,9 assistências e 1,7 bloqueios por jogo.

Deandre Ayton já era um gigante duplo e duplo logo em seu ano de estreia, ofuscado peloRookie of the Year – Luka Doncic do Dallas Mavericks.

Ele está tendo números ainda melhores em sua segunda temporada, apesar de enfrentar uma suspensão de 25 jogos no início da temporada. Ayton finalmente está mostrando uma ótima combinação ofensiva e defensiva que fez dele a escolha número 1 do Draft de 2018 da NBA.

11. Brandon Ingram, 22 – New Orleans Pelicans

Estatísticas de 2019-20: 24,3 pontos, 6,3 rebotes, 4,3 assistências e 1,0 roubo de bola por jogo.

Ingram deu o salto que muitos fãs do Los Angeles Lakers esperavam dele desse a segunda temporada. Agora em um novo ambiente e encarregado da maior parte da pontuação, enquanto Zion Williamson estava lesionado, Ingram encontrou seus pontos e deve receber ofertas significativas nesta off-season.

10. Donovan Mitchell, 23 – Utah Jazz

Estatísticas de 2019-20: 24,2 pontos, 4,4 rebotes, 4,2 assistências e 1,0 roubo de bola por jogo.

Mitchell continuou a dominar a liga como grande pontuador. Ele está arremessando com mais confiança e isso se mostrou em suas porcentagens. Já é um All-Star em sua terceira temporada, o Jazz vai tão longe quanto Mitchell pode levá-los.

9. Bam Adebayo, 22 – Miami Heat

Estatísticas de 2019-20: 16,2 pontos, 10,5 rebotes, 5,1 assistências, 1,2 roubos de bola e 1,3 bloqueios por jogo.

Adebayo esteve em seu primeiro All-Star, agora que ele finalmente está longe da sombra de Hassan Whiteside. Como center de tempo integral no Heat e com toda a confiança do técnico Erik Spoelstra, Bam se tornou um grande homem dinâmico – que em breve se juntará a Nikola Jokic como a próxima geração de pivôs híbridos.

8. Shai Gilgeous-Alexander, 21 – Oklahoma City Thunder

Estatísticas de 2019-20: 19,3 pontos, 6,1 rebotes, 3,3 assistências e 1,1 roubos de bola por jogo.

O Thunder viu potencial no jovem Gilgeous-Alexander ao jogar sua primeira série de playoffs contra o Golden State Warriors, fazendo 25 e 22 pontos nos Jogos 4 e 6, respectivamente.

Desde que foi adquirido quando Paul George foi enviado para o Los Angeles Clippers, a SGA prosperou jogando ao lado de Chris Paul e, embora suas assistências ainda não tenham aumentado, suas habilidades de rebote e pontuação deixaram o Thunder sem nenhum motivo para reclamar.

7. Devin Booker, 23 – Phoenix Suns

Estatísticas de 2019-20: 26,1 pontos, 4,2 rebotes e 6,6 assistências por jogo.

Booker foi para o seu primeiro All-Star como substituto, mas ele já merecia uma aparição.

Ele tem médias de 22 pontos ou mais desde começou no Suns no início de sua segunda temporada, mostrando que ele é um dos talentos ofensivos mais dinâmicos da NBA. Junte isso a uma ótima marcação que só melhora a cada ano.

6. Jayson Tatum, 22 – Boston Celtics

Estatísticas de 2019-20: 23,6 pontos, 7,1 rebotes, 2,9 assistências, 1,4 roubos de bola e 0,9 bloqueios por jogo.

Tatum finalmente deu o salto que o Celtics esperava, agora que ele saiu da sombra de Kyrie Irving, viu seu papel crescer junto com os seus minutos.

Tatum está elevando todas as suas médias e fazendo isso com muita eficiência. O mais assustador é que ele ainda tem muito mais espaço para crescer agora que se tornou um All-Star.

5. Ben Simmons, 23 – Philadelphia 76ers

Estatísticas de 2019-20: 16,7 pontos, 7,8 rebotes, 8,2 assistências e 2,1 roubos de bola por jogo.

Simmons quase não entra na lista aqui, já que ele completa 24 anos em 20 de julho – mas não podemos desprezar um jogador duas vezes All-Star em três temporadas.

Embora seu arremesso ainda precise melhorar, a defesa de Simmons cresceu muito desde a sua primeira temporada. Se ele continuar assim, ele pode acabar no All Defensive Team nesta temporada.

4. Ja Morant, 20 – Memphis Grizzlies

Estatísticas de 2019-20: 17,6 pontos, 3,5 rebotes e 6,9 assistências por jogo.

Provavelmente o novato do ano de 2020, Morant foi uma adição muito bem-vinda a uma equipe em reconstrução como o Grizzlies.

Ele não tem números tão bons quanto outros jogadores aqui, mas ele está em sua temporada de estréia e tem muito a crescer ainda.

3. Trae Young, 21 – Atlanta Hawks

Estatísticas de 2019-20: 29,6 pontos, 4,3 rebotes, 9,3 assistências e 1,1 roubos de bola por jogo.

Ice Trae não perdeu tempo, e provou que ele será um dos grandes da NBA. Young é o quarto maior pontuador da liga  – algo que muitos apontaram como impensável para um jogador que tinha tantas dúvidas saindo do draft.

Young sempre estará ligado a Luka Doncic, mas isso não o impede de desafiar as expectativas e criar uma grande carreira na NBA.

2. Zion Williamson, 20 anos – New Orleans Pelicans

Estatísticas de 2019-20: 23,6 pontos, 6,8 rebotes e 2,2 assistências por jogo.

Zion jogou apenas 19 jogos nesta temporada, mas não demorou para ele anunciar a sua chegada como o próximo LeBron James.

Ele é uma mistura de atletismo sobrenatural, força sobre-humana e um talento especial que fazem de Williamson um dos jogadores mais emocionantes de se assistir.

1. Luka Doncic, 21 – Dallas Mavericks

Estatísticas de 2019-20: 28,7 pontos, 9,3 rebotes, 8,7 assistências e 1,1 roubos de bola por jogo.

Doncic é sem dúvida o jogador mais versátil desta lista, foi o Novato do Ano e All-Star em menos de duas temporadas. Doncic acelerou sozinho a reconstrução dos Mavs, pegando o bastão das mãos de Dirk Nowitzki e levando Dallas aos playoffs.

Luka tem tudo – a habilidade para superar os marcadores, faro para os rebotes, visão para criar para os outros e a extraordinária capacidade de pontuação associada à sua maturidade como jogador. Luka já havia vencido campeonatos na Europa e até mesmo um prêmio de MVP da EuroLeague antes de chegar em Dallas.

Talvez a parte mais assustadora de seu jogo é que ele está apenas arranhando a superfície de quão bom ele pode se tornar uma vez que ele maximize seu potencial como estrela da NBA.

Imagem: NBA

Mais Artigos

To Top